Certa vez fui fazer um curso com um coach para concursos, mas eu sabia que o que eu precisava era outra coisa. Ali foi uma fuga dos meus problemas e de mim, não importava o que os outros pensariam e a culpa não era minha, a vida me sacaneou e agora essa coisa toda estava se voltando contra mim, eu estava encurralado por aquilo.

O que eu ouvi neste curso foi algo parecido com isso: “A culpa não é minha, mas a responsabilidade pela minha vida é!”

Hoje sei que minha vida ficou paralisada por muitos anos por minha culpa ou não, mas a responsabilidade pela minha vida é minha e de mais ninguém. Não haverá pessoa, dinheiro ou status que mudará a minha vida se eu não começar a mudá-la de dentro para fora.

Você não tem culpa de ter nascido na sua família, de não ter ou ter demais dinheiro, de seus pais terem te abandonado ou morrido, de ter estudado numa escola ruim ou boa demais para você. O que importa é o que você faz com tudo isso, essa é a vida de adulto que você tanto quis durante vários anos de sua infância, durante a sua adolescência de revolta contra todos e tudo.

Chegou a sua hora de fazer a diferença!

Pegue a sua vida que está toda embaralhada e comece a colocar numa sequência lógica que faça você evoluir, os problemas do passado e da sua infância te tornaram o que você é hoje, se você não se sente bem com isso procure uma ajuda especializada, mas o/a psicólogo(a) só vai lhe ajudar se você permitir porque a mudança é simplesmente sua.

A mensagem que posso deixar hoje é: “Faça a mudança que você quer no mundo na sua vida e nos seus hábitos, deixe que cada um cuide da sua própria vida como bem entender”.

Feliz 2018!